capa_impacto

De forma instintiva, todos os que trabalham em publicidade têm consciência de seus efeitos sobre as empresas em particular e o conjunto da economia e da vida nacional. Os anunciantes conhecem, mesmo que em diferentes graus, o impacto dela sobre o processo competitivo entre produtos, serviços e organizações e, ainda mais importante neste tempo presente, como a propaganda comercial é capaz de conectar as empresas com seus prospects e consumidores.

Mas nem sempre os próprios consumidores têm consciência dos benefícios da publicidade para suas vidas. Como ela estimula a inovação e a concorrência, como ela ajuda a fazer os produtos e serviços oferecidos pelo mercado serem constantemente melhores e comercializados a preços relativamente menores. Também encaram como fato natural da vida que a propaganda comercial sustente a televisão aberta e o rádio e façam os jornais, as revistas e a televisão por assinatura serem significativamente mais baratos. Quando acessam seus diversos devices digitais, raramente se dão conta que o conteúdo deles é totalmente ofertado ou bastante subsidiado pela publicidade.

 

O objetivo deste estudo é justamente o de municiar os que militam em propaganda comercial com fatos e números sobre as consequências positivas de seu trabalho; ampliar a percepção da importância da publicidade para os anunciantes; elucidar os consumidores sobre a amplitude dos efeitos benéficos da propaganda comercial em suas vidas; e conscientizar os governantes de todas as áreas e níveis sobre a relevância do papel que a publicidade ocupa em nosso sistema de organização econômica e social.

A iniciativa pioneira de realização deste estudo foi da Advertising Association (www.adassoc.org.uk/), entidade que congrega todos os setores da publicidade no Reino Unido, que encomendou à consultoria Deloitte sua concepção e realização.

Aqui no Brasil, sob liderança da Associação Brasileira de Agências de Publicidade – ABAP, as mais relevantes entidades do setor publicitário uniram-se para viabilizar a confecção e edição de estudo em tudo similar ao feito no Reino Unido, incluindo a participação da Deloitte brasileira como responsável pelos cálculos econométricos que lhe dão embasamento.

Os fatos, números e exemplos explicitados neste estudo deixam evidenciado o enorme impacto da publicidade na economia do Brasil e seu papel de combustível vital para a existência e evolução dos mercados, da cultura, da informação e do entretenimento nacionais.

 

Você pode conferir o estudo realizado pela ABAP na íntegra no link abaixo:

Impacto da Publicidade na Economia do Brasil