Mobilizem-se junto aos seus representantes na Câmara e no Senado para que o Projeto de Lei número 3.887/2020, que institui a Contribuição sobre Operações com Bens e Serviços (CBS), não seja aprovado da forma como está previsto.